Cinco Razões Por Que Devemos Engordar No Verão 2

Cinco Razões Por Que Devemos Engordar No Verão

Depois de em tão alto grau se empenhar com a operação biquíni (ou maiô), chegou o instante de pô-lo: os dias de piscina e praia agora estão aqui. Os endócrinos e os especialistas em nutrição garantem que no verão, com o calor, consumir menos, porém comer pior. E isso tem uma clara translação pela balança: os espanhóis engordam entre 2 e três quilos durante o verão, especialmente em férias. Os responsáveis do mestrado em Alimentação, Nutrição e Segurança Alimentar da escola de negócios IMF Business School são analisados quais são os cinco motivos fundamentais para que a nossa dieta piora e ganhamos quilos no verão.

Calor e cozinha O calor e a cozinha não são muito compatíveis. Com as altas temperaturas, o que menos podemos é ligar fornos ou fogos que elevam ainda mais a comoção de calor. Desse modo, é contínuo recorrer a pré-cozinhados e de receitas rápidas, no entanto com um alto teor calórico. A Associação de Cervejeiros de Portugal garante que 30% da cerveja consumida anualmente na Espanha se bebe entre julho e setembro. Seu efeito refrescante, somado ao incremento da existência social “cañita” na mão, faz com que se beba muita mais cerveja do que de uma dieta saudável, aconselha, tanto pelo seu teor alcoólico, como as calorias extras que oferece.

Ademais, explicam os especialistas, o álcool, remoto de substituir a água como fonte de hidratação, elimina o nível de água no corpo, e faz com que o cérebro entre em “jeito de fome”, aumente o apetite e apequenar o autocontrole. Os nutricionistas chamam “fome emocional”, e quem mais e quem menos se viu nessa circunstância: me aborreço, não imagino o que fazer, já que como.

E este ato de apagar impulsivamente entre horas, de comer por tédio, se intensifica no verão porque é a época do ano em que temos mais tempo livre, há mais ratos mortos e estamos mais vagabundos. Para evitar isso, dizem os especialistas, o mais bacana a fazer é conter-se e fazer alguma atividade, como acompanhar uma série, encaminhar-se à piscina, à praia ou ao cinema. Com a chegada do prazeroso tempo, chegam bem como as churrascos.

E muito poucos se limitam a botar a respeito elas algumas legumes. Morcela, chouriço, bacon, espinhos ou uma interessante peça de carne é o mais tradicional. Se no Natal a tentação são os bolos e polvorones sobre a mesa, no verão são os sorvetes, a realização e os refrigerantes acessíveis onde quer que esteja.

alheio a estas razões e várias novas tentações “comestíveis” em que nos apresentamos no verão, através da Sociedade brasileira de Endocrinologia e Nutrição (SEEN), esclarecem-se 10 diretrizes chave a acompanhar se quieremos preservar uma dieta saudável no verão. Com as altas temperaturas é fundamental manter-se bem hidratado e para isso você precisa acrescentar a ingestão de água e de frutas e produtos hortícolas, que se podem tomar em forma de gazpachos ou sopas frias.

Para controlar o peso ao longo dos meses de verão, os endócrinos aconselham remover inteiramente todas as bebidas que forneçam calorias: refrigerantes, cervejas e o resto de bebidas alcoólicas, incluindo as versões “sem álcool”. Sua recomendação é beber água e chás de ervas e, quando muito, alguma bebida “light ou sem açúcar”. Aconselha-Se moderar o consumo de carne, especialmente a vermelha, e tomar mais peixe.

  • 12 Gabinete Joy Way
  • Reduzir os sintomas
  • Se o post Adidas ou outros há publicidade, avisa, em tuas conversas, não esta
  • três colheres de sopa de coentro fresco picado

Em concreto, recomendam cinco ou seis porções de peixe por semana, das quais, ao menos três necessitam ser de peixe azul. Você coma o que você coma, mesmo se tratando de alimentos saudáveis, como os frutos secos, legumes, macarrão ou o arroz, há que controlar e moderar as quantidades que tomamos, pra não comer um exagero de calorias. Os especialistas em nutrição garantem que é importante restringir, porém não cortar a ingestão de gordura, e que a que se oferece seja basicamente azeite de oliva. E para suprimir o seu consumo, insistem em que as operações mais simples: cozinhar os alimentos em seu suco, grelhados ou cozidos.

Os sorvetes e doces não necessitam ser tomadas todos os dias. Recomenda-Se que o teu consumo seja moderado, e que a sobremesa se opte por frutas ou alguma sobremesa láctea que a contém e, ao mesmo tempo reforço prebióticos e probióticos. Uma boa maneira de não ficar mais gordo no verão é aumentar o exercício que realizamos, pra gastar as calorias extras que possamos tomar. O maravilhoso é fazer uma atividade física leve ou moderada, mas regular, praticada ao menos, quatro ou cinco vezes por semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima