Então Kasongo Bonswe Foi Procurá-La 2

Então Kasongo Bonswe Foi Procurá-La

O Império luba foi um Estado fundado na etnia luba pela África, no que hoje é o sul da República Democrática do Congo e o nordeste da Zâmbia. No decorrer do reinado de Ilunga Kalala (ca. No fim do século XIX, mergulhou em uma luta civil em razão de uma decadência dinástica e uma série de pressões estrangeiras que o fez desaparecer.

No século XVIII, data de contato com os primeiros colonizadores europeus, o Império luba era, na realidade, uma série de estados de tamanho baixo ou médio, que evoluiu a partir de uma primitiva cultura upemba do século III. No conclusão do século XVIII, os reinos lubas se uniram ante um poder central muito mais poderoso, cujo principal líder era o mwata ou mulopwe, por razões fundamentalmente económicos e de modo pacífica, estando como império comercial. Existe uma enredo que relata a origem mitológica dos luba e de sua dinastia sagrada.

  • Dois A sedução para escoltar presentes
  • No dia 29 de janeiro em Brienne
  • Capítulo 2×137 (361) – “Relações Curiosos”
  • Conecte-se a um nível para além da sexualidade
  • 1 Biografia 1.1 Nascimento e infância
  • Pedro Duque: “Um banco na Lua teria sido fatal”

As evidências linguísticas, arqueológicas, etnográficas e geológicas negam a narração. Este conjunto de detalhes sugere que os luba viveram a todo o momento no sul do Zaire, e que experimentou um grande tempo de firmeza que lhes permitiu fazer-se. No entanto, novas interpretações traduzem que podes descrever dados reais. Por intermédio nesse mito é legítima a sucessão luba e exalta o teu passado. O mito se transmitia oralmente, de modo que muda um tanto a cada vez. 1. Antes de que as terras dos luba fossem habitadas um homem, Kyubaka Ubaka (Chapeleiro), e uma mulher, Kibumba Bumba (Ceramista) viviam no grande curso do rio Zaire, cada um por seu lado.

Após se conhecerem observaram duas hienas apareándose e sabiam como copular. Tiveram 2 filhos gêmeos, um homem chamado Kyungu e uma mulher chamada Kabange. Cada formação que acontecia se ia deslocando para o oeste, pra preencher as terras dos luba. Um de seus descendentes foi Mwamba, dessa maneira chamado Nkongolo (Arco-íris).

2. Seya, mãe de Mwamba, era de pele avermelhada. Compreendeu que, aproveitando-se das terras por onde passava as escamaba. Fixou a sua moradia e compreendeu a usar uma faca com o que fabricar utensílios. 3. Vendo umas formigas derrotar um maior número de cupins, Nkongolo quis ser um líder. Estabeleceu uma capital e conquistou várias pessoas. 4. Mbidi Kiluwe (Mbidi o Caçador), que tinha a pele muito negra, visitou as terras e os reinos próximos dos luba em procura do cão perdido de tua irmã. Finalmente chegou ao reino de Nkongolo, onde as irmãs de este lhe encontraram subido a uma árvore e foram mencionar ao teu irmão.

Nkongolo levou ao forasteiro a sua residência e ofereceu-lhe comida e bebida, que foram rejeitadas. O serviçal que o acompanhava Mbidi Kiluwe explicou que ele a toda a hora comia e bebia sem que ninguém o visse, já que guardava um fogo sagrado na sua cozinha. 5. Um dia, Nkongolo comentou uma piada que fez rir a teu hóspede, e pôde vê-lo dois dentes afiados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima