Estratégias Digitais Que Conseguiram O sucesso De 'Nike' 2

Estratégias Digitais Que Conseguiram O sucesso De ‘Nike’

O reconhecimento de que, a nível mundial, a marca alcançou, é o repercussão do trabalho em marketing digital que se realizou para fidelizar os consumidores e trazer os futuros usuários. Neste fundamento, em seus comerciais, ‘Nike’ mostra pessoas que se sobrepõem às tuas problemas, deixando a mensagem de que com disciplina se podem resultados.

Através de casos vitoriosos como o de ‘Nike’ se evidencia a relevância do exercício de estratégias digitais nas organizações, visto que foi a partir destas ações que a marca começou a reconhecer mais ao redor do universo. Isto significou para a multinacional seu sucesso, entretanto assim como lhe assegurou uma superior quantidade de clientes, e até já, a tua fidelização, tornando-se, praticamente, em um hábitos de vida.

Moschini, Silvia. (2012). “Chaves do marketing digital”. A nova comunicação empresarial no universo 3.0. Barcelona, Espanha: Ebooks de Vanguarda. Câmara de Comércio de Medellín, Antioquia. Estratégias em Marketing Digital. Pinto, Manuel. (2016). Quatro estratégias de marketing digital que levaram ao sucesso da Nike. Monferrer, Puxado, Diego. (2013). Fundamentos de marketing.

  • 6 coisas consideráveis que você deve saber sobre receber dinheiro com um website
  • 2 Repositórios de REA
  • Todos Moda
  • Descubra quantos sites (bons) de imediato existe

Em janeiro de 2008, a contribuição econômica da NHTSA, agência do governo dos EUA, salva a Tesla da falência, contribuindo com 43 milhões de dólares a uma empresa que estava dando perdas desde a sua formação. A quinta rodada de financiamento em fevereiro de 2008 adicionou outros quarenta milhões de dólares.

De 145 milhões de dólares que a corporação havia recebido, 74 milhões vieram de Elon Musk. O atraso pro Model S, causou a demissão de uma quarta fração dos funcionários e o fechamento do escritório de engenharia de Michigan. Em janeiro de 2009, Elon Musk citou que Tesla conceder privilégios pelo segundo semestre daquele ano.

Tudo isto em consequência a uma subvenção do Departamento de Energia dos Estados unidos pra criar uma fábrica de carros, que lhes seria entregue no verão. Em 2014 Daimler acababou o contrato de fornecimento com Tesla e vendeu tuas ações por 780 milhões de USD. Em julho de 2009 AABAR AD comprou a Daimler AG 40% das ações que tinha da Tesla Motors.

Em junho de 2009, o Departamento de Energia dos Estados unidos aprovou a entrega de um empréstimo de 465 milhões de dólares, que fazia parcela de um programa de 8000 milhões de dólares pra tecnologias avançadas pra automóveis. O empréstimo de juros baixos, fazia quota do programa Advanced Technology Vehicles Manufacturing Loan Program (ATVM), desenvolvido em 2007, durante o mandato de George W. Bush para potencializar os automóveis mais garantidos e reduzir a dependência do petróleo estrangeiro.

Este dinheiro foi o salvamento de Tesla Motors. O empréstimo seria dirigido à engenharia e geração do Model S e ao desenvolvimento de tecnologia elétrica que Tesla vende pra outros fabricantes. Em setembro de 2009 Tesla divulgou uma nova rodada de financiamento de 82,5 milhões de dólares que foram investidos Daimler AG, Fjord Capital Partners, Aabar entre outros. Foi a primeira rodada de financiamento em que Elon Musk não contribuiu. Até à data não tinham investido um total de 783,cinco milhões de dólares na companhia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima