Gripe Do Cão 2

Gripe Do Cão

A gripe canina (gripe do cão) é gripe ocorrendo em animais caninos. A gripe canina é causada por variedades de influenza A, como a gripe equina H3N8, o qual, em 2004, descobriu-se que causa doença em cães. Devido à falta de exposição anterior ao vírus, os cães não têm imunidade natural a ele.

em vista disso, a doença é mais rápido transmitida entre cães individuais. A gripe canina podes ser endêmica em algumas populações de cão regionais dos Estados unidos. É uma doença com alta morbidade (incidência de sintomas), no entanto uma baixa incidência de morte. Uma maneira mais nova foi identificada na Ásia ao longo dos dois mil e, desde então, causou explosões nos EUA É uma mutação de H3N2 que se adaptou de tuas referências de gripe de aves. As vacinas foram construídas para ambas as doenças.

A altamente contagiosa influenza equina subtipo de vírus H3N8 foi localizado. A causa de cão de raça do Cão de doença respiratória em um autódromo da Flórida, em janeiro de 2004. A exibição e a transferência, supostamente, ocorrida em pistas de Turfe, onde em corridas de galgos também ocorreu.

Isso foi a primeira evidência de uma gripe. Um vírus que circunstância doença em cães. H3N8 também foi responsável pelo um interessante surto de gripe canina no estado de Nova York, em todas as raças de cães. De janeiro a maio de 2005, os surtos ocorreram em vinte pistas em 10 estados (Arizona, Arkansas, Colorado, Flórida, Iowa, Kansas, Massachusetts, Rhode Island, Texas e Virgínia Ocidental).

  • Silvo com o focinho aberto
  • Rabijunco comum, Phaethon lepturus (A)
  • 3 resposta “Preços de raças de cães menores mais comuns”
  • “Porque Eu Sei Que é Amor – Titãs
  • Suas raízes nascem de um tubérculo[38], que tem entre 1 e 2 cm de diâmetro.[26]

Até agosto de 2006, a gripe canina havia confirmado em vinte e dois estados dos EUA. Nos EUA, Incluindo os cães de estimação admitidos em Wyoming, Califórnia, Connecticut, Delaware e o Havaí. Três áreas nos EUA, nesta hora conseguem ser consideradas endêmicas pro CIVIL. em consequência a ondas contínuas de casos: Nova York, o sul da Flórida e o norte de Colorado / sul de Wyoming. Nenhuma evidência mostra que o vírus pode transferir a pessoas, gatos ou algumas espécies. Desde agosto de 2006, foi confirmada a presença da gripe canina em vinte e dois estados dos estados unidos.

nos EUA, Inclusive cães domésticos em Wyoming, Califórnia, Connecticut, Delaware e o Havaí. Três áreas nos EUA, sem demora conseguem ser consideradas endêmicas pra CIVIL. devido às contínuas ondas de casos: Nova York, Flórida e norte do Colorado. Nenhuma evidência mostra que o vírus possa ser transmitido a pessoas, gatos ou algumas espécies.

Também foi demonstrado que a H5N1 (gripe aviária) causa a morte de um cão pela Tailândia, após a ingestão de um pato infectado. O vírus H3N2 fez tua primeira aparição no Canadá, no início de 2018, depois da importação de 2 caninos infectados desconhecidos da Coreia do Sul. Após esta constatação, se tornaram públicos os relatórios sobre a possível propagação do vírus, e outros 2 cães que relataram sintomas alarmantes. Em junho de 2009, o Serviço de Inspeção de Saúde Animal e Vegetal (APHIS) do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) aprovou a primeira vacina contra a gripe canina.

Esta vacina tem que ser administrada duas vezes ao início, com um descanso de duas semanas, e depois a cada ano a partir de assim. Uma segunda maneira de gripe canina foi identificado na primeira vez em 2006, na Coreia do Sul e o sul da China. O vírus é uma variante de H3N2 que se adaptou de tuas origens de gripe aviária.

Um surto nos estados unidos. EUA. Foi relatado na primeira vez no setor de Chicago durante 2015. Foram notificados, surtos em inmensuráveis estados dos EUA. EUA. no decorrer da primavera e o verão de 2015 e haviam notificado em 25 estados. A partir de abril de 2015, não tinha resolvido a dúvida de saber se a vacina contra a cepa anterior oferecia proteção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima