O Nome Que Terá O 'procés' 2

O Nome Que Terá O ‘procés’

Esses episódios tiveram o seu impacto na exposição. Assim, será esta apenas uma sentença? Evidentemente, não. De influenciar a política, todavia além de tudo, servirá para batizar em termos jurídicos o procés. Fora da sala há muito ruído, o julgamento dirige tua reta final. Amanhã acabam as audiências de testemunhas.

A suspeita é de que será concluído em meados de junho. Pros amantes das estatísticas, chegamos a sessão 45. Duas foram dedicadas às questões prévias, cinco das alegações dos réus e trinta e oito pro desfile de mais de 500 testemunhas. O que acontecera se conseguem remover conclusões. Uma coisa é o que se escreve e outra o que se passa. O papel poderá esperar tudo, a realidade, não. Se há uma coisa que exemplifica isso é o dispositivo do 1-0. Os tribunais deixaram à margem da lei, o referendo e o Governo enviou 6.000 policiais pra impedi-lo.

Se projetou uma distribuição de efectivos que, em suposição, tinha que invalidar o voto, com bem insuficiente sucesso. Que fracassou é claro. O Estado, em consequência a dos Mossos e os Mossos ao Estado: todos comprovam-se traídos. O superior exemplo disso foram os depoimentos do coronel da Guarda Civil Diego Pérez de los Cobos -responsável pelo impossibilitar o 1-Ou – e do maior Josep Lluís Trapero. Os magistrados devem optar de que lado estavam os Mossos, se do Govern ou com as ordens judiciais.

O procés é um, entretanto em julgado transformou-se em um conjunto de causas. E isto, quem o pagou? Um dos assuntos é a maneira como é pago o referendo. Os acusados e os cargos e os técnicos do Governo dizem que não saiu nem sequer um centavo dos cofres públicos pra cobrir os custos da jornada, enquanto que a partir de o Estado se mantém, sim, mas camufladas. A charada é que há contas pra publicidade, pra impressão de cédulas e cartões censitários.

  • Onze Ver assim como
  • 7º R. Grosjean (S) Haas 1’05″376 +01″306 dez
  • 3 Técnicas de mineração de fatos
  • Lista como sem evidência na ONI, em outubro de 2009.[14]

Isto suscita outra indecisão, é que fatos é feito para o censo eleitoral. Durante as sessões foram narrado cenas rocambolescas, como taxas de la Generalitat utilizando telefones pré-pagos com membros de Òmnium pra imprimir anúncio ou de empresas renunciando a receber quantidades primordiais pra Autarquia. Evidentemente, as urnas nem falamos, visto que ninguém domina nada, nem quem as comprou, nem ao menos como foram distribuídos.

Também os serviços de detalhes são capazes de esclarecer isto: nem ao menos cheiraram. Segundo os acusados, a festa de 1 de outubro saiu gratuitamente. O Supremo terá que dar o seu nome a várias coisas, entretanto a respeito do acontecido em setembro e outubro de 2017. Os réus insistiram em que se trataram de atos simbólicos em pesquisa de negociar melhores condições pra Catalunha.

Isso foi o DUI. Ninguém queria deslocar-se a despeito de, só negociar. O clímax o alcançou Junqueras, ao proclamar em sua intervenção, o seu afeto por Portugal. Por contra, Rajoy argumentou que não podia concordar com tudo que você queria o Govern: o referendo de liberdade. O critério pra história ficará por que não convocaram-se eleições pra impossibilitar o 155, com o transcendente testemunho de Urkullu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima